sábado, 10 de dezembro de 2011

Noticias do Zorba o meu Troika2 o Meu Cão Grande

O meu estado de espírito é triste! E foi nesse estado que apanhei o comboio hoje para Lisboa, e me dirigi ao Hospital de São Bento...estava muita húmidade e muito frio e eu só pensava naquele animal que eu ia levar amanhã para a União Zoofila, e como ele depois de duas cirurgias e sei lá que mais ele passou, no tempo que andou abandonado ia reagir cá fora ás temperaturas e a este meio ambiente agressivo estando tão fragilizado. Sentia uma grande ansiedade de pensar nisso entrei no Hospital. Na verdade eu estava quase me sentindo culpada por lhe causar mais sofrimento na minha vontade de o salvar e questionava-me se estava a ser justa...
Hoje eu recebi um telefonema da União Zoofila pedindo-me se podia ir buscá-lo pois tinha alta para ir para a U.Z, mas eu hoje não tinha carro...amanhã sim. E assim ficou...
Mas no meu interior achei bem, não o deixar mais um dia sem me ver. Pois eu representei para esse animal a luz do dia, e senti isso desde o primeiro momento. De alguma forma os gemidos dele e seu desinteresse pela vida, fizeram com eu não deixasse mais de pensar nele como a única coisa que ele tinha. A sua cabecinha grande encostada no meu braço confiante também...não vale a pena vocês tentarem entender. Tem coisas que não se entendem apenas se tem ou não capacidade de sentir, e para isso é preciso ter uma grande sensibilidade, que acho muitos seres humanos não têm.
Lá subi a escada e esperei para falar com os Veterinários, e senti logo que algo estava mal...fui vê-lo. Lá estava ele deitadinho na caminha que eu lhe comprei, assim que me viu, vi seus olhos baços brilharem e depois comeu na minha mão satisfeito por me ver. Mas infelizmente Zorba deixou de urinar. Quando o levantamos vomitou espuma e muito embora a alegria de me ver eu compreendi logo que a luta estava perdida. Zorba não pode viver sem urinar  e a resposta á cirurgia não é a que gostaríamos que fosse e suas pernas estão mais fracas. Creio que minha luta chegou ao fim...aquele cão que abandonaram á sua sorte deveria ter no seu estado normal, quase o mesmo peso que eu. Amanhã certamente será o ultimo dia que o vou ver vivo. Zorba está sofrendo demais e tem de descansar...mas na certeza porém que eu vou estar agarrando na cabecinha dele....custe o que custar ...doa a quem doer. HOJE CHOREI POR UM CÃO QUE TIREI DA RUA CUJO O DONO NÃO SE IMPORTOU DE O ABANDONAR NO SEU SOFRIMENTO. Obrigada a todos os que me apoiaram nesta luta por este animal, muito embora inglória. Zorba ficará dignamente, não em hipotremia, até seu coração parar de tantas dores como eu o vi naquela noite de chuva torrencial. Infelizmente foi tarde demais e o corpo deste pobre animal não correspondeu a tanto sofrimento porque suas pernas não colaboraram e a circulação não se faz devidamente, está magro demais e os órgãos não estão a responder.

2 comentários:

Conceição Ramos disse...

Obrigada, tem causas perdidas, MAS PELO MENOS LUTAMOS...

SKY IS {NOT} THE LIMIT disse...

Que tristeza, tinha esperança que o Zorbinha logo que saísse do Hospital reagisse, embora soubesse que a condição dele era bastante crítica! Lamento!